Newsletter:
Joomla Extensions powered by Joobi

Arcebispo de Cantuária e Patriarca Ecuménico comprometidos contra a Escravidão moderna

O Arcebispo de Cantuária e sua Santidade Bartolomeu de Constantinopla apelaram ao combate à escravidão moderna nas suas várias formas. Ambos assinaram a 7 de Fevereiro uma declaração conjunta condenando a escravidão moderna num Fórum realizado em Instambul. No final ambos se comprometeram em:

- condenar todas as formas de escravidão humana

- pedir os esforços da comunidade internacional

- orar por todas as vitimas

- arrependem-se por não fazer o suficiente para eliminar as formas atuais de escravidão

- apelar aos governos que implementem estritas leis relativas à escravidão moderna

Refletindo sobre o tema do Fórum, «Pecados perante os nossos olhos», o Arcebispo Justin afirmou : «A escravidão rodeia-nos totalmente, mas estamos demasiado cegos para a ver. Os escravos estão perto de nós, mas estamos muito ignorantes em procurá-los. Continua a ser uma realidade viva em todas as nossas comunidades; o nosso pecado consiste na cegueira e na ignorância» afirmou.

«A tragédia da escravidão é a de que é uma condição humana fabricada por nós» acrescentou o Arcebispo. «É causada pela ganância humana e por aqueles que lucram da excessiva mão-de-obra barata. A escravidão é uma das mais rentáveis indústrias do crime internacional. Explora a vulnerabilidade humana. A maioria daqueles que se encontram escravizados provêm de comunidades marginalizadas e empobrecidas».

O Fórum refletiu nas diferentes dimensões da escravidão moderna, incluindo exploração laboral, servidão doméstica, prostituição, exploração cibernética, migrantes e refugiados, e todos os que são apanhados pelos conflitos, desigualdades e mudanças climáticas. Todos estes fatores se juntam para tornar as pessoas mais vulneráveis às deceções e brutalidade dos traficantes.

[Traduzido e adaptado de ACNS – 8 de Fevereiro pelo Departamento de Comunicação da Igreja Lusitana ]

Igreja Lusitana Católica Apostólica Evangélica - Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por Luis Massa